Quinze teses sobre arte contemporânea

LavraPalavra

Por Alain Badiou, via LacanianInk, traduzido por Leandro Machado e Daniel Fabre

As quinze teses sobre a arte contemporânea de Alain Badiou é a melhor manifestação das ideias do filosofo sobre as leis e protocolos da pratica artística atual. Da tese um à oito Badiou descreve as características gerais, nas seguintes avança e propõe o que seria o advento de uma nova ordem, calcada na arte “não-imperial”. O presente excerto é a transcrição de uma fala do autor no Centro de Desenho de Nova Iorque em dezembro de 2013. As teses acompanham o desenvolvimento do texto.


Acredito que todos possuam as 15 teses, o que é necessário, penso, para a conversa. Comentarei sobre as teses e vocês podem acompanhá-las. Penso que a grande questão sobre a arte contemporânea é sobre como não ser romântico. É a grande questão e extremamente complicada. Mais especificamente, a questão é como não ser…

View original post 4,796 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: