2016, o ano que não deveria ter começado…

Blog da Boitempo

flavio-aguiar-ciclos

Por Flávio Aguiar.

Já tivemos 1968, o ano que não terminou (Zunir Ventura), 1958, o ano que não deveria terminar (Joaquim Ferreira dos Santos), 1958, o ano em que o mundo descobriu o Brasil (filme de José Carlos Asberg) e agora temos “2016, o ano que não deveria ter começado”, de Flávio Aguiar, com vários coadjuvantes: Eduardo Cunha, Michel Temer, José Serra, Sérgio Moro, Deltan Dallagnol, Aécio Neves, Rede Globo, coxinhas coiós, e muitos mais etcéteras, que assim vão ficar para a história.

View original post 538 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: